Produtos

Iniciação eficaz

Iniciar a amamentação e a produção de leite materno

Quando os pais recebem informação científica e factual sobre o valor do leite da própria mãe (LPM), as mães podem tomar decisões informadas e esclarecidas sobre o aleitamento.1-3

A extração precoce, frequente e eficaz é fundamental. Os volumes de leite materno têm de ser monitorizados para acompanhar o desempenho das intervenções na prática clínica.3,4

A investigação demonstrou que as mães que atingem volumes diários de, pelo menos, 500 ml antes do dia 14 têm taxas de amamentação significativamente mais elevadas aquando da alta.3

Existem novas evidências de que existe uma relação dose-resposta entre a quantidade de LPM recebido por bebés nascidos prematuramente e o risco de morbilidades clínicas.5 Por isso, os bebés vulneráveis obtêm uma maior proteção quando recebem uma dose elevada e têm uma exposição longa ao leite da própria mãe.

Decisão informada – Intervenções de iniciação eficaz

Saiba mais

Zeit bis zum ersten Abpumpen – Effektive Initiierungsmaßnahmen

Saiba mais

Extração frequente – Intervenções de iniciação eficaz

Saiba mais

Momento da "descida" do leite – Resultados de iniciação eficaz

Saiba mais

Dose de leite da própria mãe (LPM) – Resultados de iniciação eficaz

Saiba mais

Atingir o volume – Resultados da iniciação eficaz

Saiba mais

Recursos para uma transição bem-sucedida do hospital para casa

Saiba mais

Decisão informada – Intervenções de iniciação eficaz

Saiba mais

Zeit bis zum ersten Abpumpen – Effektive Initiierungsmaßnahmen

Saiba mais

Extração frequente – Intervenções de iniciação eficaz

Saiba mais

Momento da "descida" do leite – Resultados de iniciação eficaz

Saiba mais

Dose de leite da própria mãe (LPM) – Resultados de iniciação eficaz

Saiba mais

Atingir o volume – Resultados da iniciação eficaz

Saiba mais

Recursos para uma transição bem-sucedida do hospital para casa

Saiba mais
References 

1 Bigger HR et al. Quality indicators for human milk use in very low-birthweight infants: are we measuring what we should be measuring? J Perinatol. 2014; 34(4):287–291. 

2 Spatz DL et al. Pump Early, Pump Often: A Continuous Quality Improvement Project. J Perinat Educ. 2015; 24(3):160–170. 

3 Spatz DL. Getting it right – the critical window to effectively establish lactation. Infant. 2020; 16(2):58–60. 

4 Meier PP. Prioritizing High-Dose Long Exposure to Mothers' Own Milk During the Neonatal Intensive Care Unit Hospitalization. Breastfeed Med. 2019; 14(S1):S20-S21. 

5 Hoban R et al. Milk volume at 2 weeks predicts mother's own milk feeding at neonatal intensive care unit discharge for very low birthweight infants. Breastfeed Med. 2018; 13(2):135–141. 

6 Meier PP et al. Human milk in the neonatal intensive care unit. In: Family Larsson-Rosenquist Foundation, editor. Breastfeeding and breast milk - From biochemistry to impact: A multidisciplinary introduction. 1st ed. Stuttgart: Thieme; 2018. 

7 Snyder R et al. Early provision of oropharyngeal colostrum leads to sustained breast milk feedings in preterm infants. PediatrNeonatol. 2017; 58(6):534–540. 

8 Kumar J et al. Oropharyngeal application of colostrum or mother's own milk in preterm infants: a systematic review and meta-analysis. Nutr Rev. 2023; 81(10):1254–1266. 

9 Acuña-Muga J et al. Volume of milk obtained in relation to location and circumstances of expression in mothers of very low birth weight infants. J Hum Lact. 2014; 30(1):41–46. 

10 Haase B et al. The development of an accurate test weighing technique for preterm and high-risk hospitalized infants. Breastfeed Med. 2009; 4(3):151–156. 

11 Narayanan I et al. Sucking on the 'emptied' breast: non-nutritive sucking with a difference. Arch Dis Child. 1991; 66(2):241–244.